Blog

28/11/2018 - Orgânicos

BETERRABA

1543423816_iarabeterraba.png

BETERRABA

Uma raiz de tom avermelhado que varia relativamente em seus próprios tons, de rosados a roxo, o que, na minha opinião, é o que a torna a mais bela entre as raízes – a sua, cor de beterraba! Mas também há as de cor branca, amarela e laranja e cada uma com sua carga nutricional equilibradamente especifica para cada tipo. Rica em vitaminas do complexo B, ferro, fibra, ácido fólico, manganês, cobre, magnésio e potássio, a beterraba fornece benefícios enriquecedores para cada indivíduo.
Os responsáveis por essa coloração acentuada e mais comum são os pigmentos naturais chamados Betalaínas. A beterraba é a principal fonte desse pigmento, que se divide em dois grupos, um de cores amareladas – a BETAXANTINA, e outro de cores avermelhadas – a BETACIANINA. Ambos estão presentes na estrutura da beterraba, mas cerca de 95% são BETACIANINAS, daí a sua cor exuberante! E o que fazem essas substâncias de cores lindas e nomes estranhos? Sua mais importante propriedade funcional é a ação antioxidante natural – estudos demonstraram uma grande capacidade de proteção das frações LDL do colesterol, evitando que fossem oxidados, diminuindo os danos oxidativos do organismo.
Hoje já se pode comprovar que há meios para melhor absorção nutricional, ou seja, casos em que a melhor indicação seja ela crua, preservando todos os nutrientes dela, inclusive a quantidade de fibras, seja ralada, ou batida em sucos. Mas também há situações ou casos em que seu consumo cozido possa ser mais benéfico, de forma a sempre manter ou tornar seus nutrientes mais bioativos, como exemplo a conservação das betacianinas, citadas acima, solúveis em água, o que significa que se cozinharmos em excesso, esses compostos se perderão. Uma forma de preservá-los no cozimento, é cozinhar a raiz com a casca, ou mesmo no vapor, assim a perda se torna bem menor, consequentemente nos disponibilizando seus beneficios protetores.
De acordo com estudo realizados, esse composto ajuda a reduzir tumores. Há também a betanina, que contribui para a prevenção e tratamento dos tumores de pele e de fígado, e alguns registros científicos dos beneficios do suco também no combate de problemas do baço.
E não são só as cenouras que contribuem para a visão, as beterrabas também, pois contêm mais ferro que o espinafre e também promovem o consumo elevado de nutrientes que aumentam a saúde ocular, como carotenóides, luteína, beta-caroteno e a vitamina A.
Por ser um alimento que possui uma combinação de moléculas antioxidantes e também anti-inflamatórias exclusivas dessa raiz, contribui para a redução dos riscos de desenvolver diversos tipos de câncer, entre eles o de mama, próstata, pulmão, estômago, cólon e de testículos.
A beterraba contém flavonoides e carotenoides, dois antioxidantes poderosos que fazem com que o colesterol-LDL seja reduzido e o colesterol-HDL seja aumentado no organismo. As fibras também ajudam a reduzir o colesterol e os níveis de triglicerídeos, além de prevenir a formação de placas nas artérias.
A ingestão regular de beterraba por pessoas que possuem alta pressão arterial é muito benéfica, pois ela contém nitrato em alta quantidade. O nitrato é convertido em nitritos e também no gás óxido nítrico (ON). Esses componentes colaboram para expandir as artérias, o que faz com que a pressão arterial acabe ficando mais baixa, favorecendo seu desempenho nas atividades esportivas e proporcionando um coração mais saudável.
A molécula do Óxido Nítrico (ON) pode ser encontrada nas células do corpo humano. O ON é sintetizado por nosso organismo por meio de oxidação da L-arginina, um aminoácido. O corpo humano tem a capacidade de produzir por conta própria o Óxido Nítrico, desde que não haja falta nutricional de aminoácidos.
O consumo regular e equilibrado da beterraba torna o gasto de oxigênio dos músculos reduzido, o que faz com que o corpo precise de uma quantidade menor de oxigênio durante os exercícios. Por esse motivo, a energia e a resistência serão maiores e a sensação de cansaço será reduzida, o que aumenta o desempenho das atividades físicas.
E por ser rico em antioxidantes, ela evita a proliferação de radicais livres no organismo, agindo como um desintoxicante natural, contribuindo com que o sangue seja “purificado” e isso consequentemente lhe fornecerá uma pele mais brilhante e com aparência saudável tendo também como um precursor o licopeno (também encontrado na beterraba), que atua protegendo contra os raios solares e mantendo a elasticidade, prevenindo assim o envelhecimento precoce. Além desses benefícios estéticos, seus antioxidantes têm sido alvo de muita busca científica, pois já se comprovaram ótimos atenuantes na prevenção do Alzheimer, pois possuem componentes que ajudam a aumentar o fluxo de sangue para o cérebro.
A presença de metionina e betaína na beterraba ajuda a manter o bom funcionamento do fígado, devido à betacianina, aquele composto que contribui para o processo de desintoxicação do sangue e também do fígado.
A beterraba apresenta uma quantidade elevada de fibras que favorecem o controle do nível de açúcar no sangue. Apesar de ter um alto índice glicêmico, ela apresenta uma baixa taxa de conversão de glucose, ou seja, sua carga glicêmica (de 4,3) a classifica como ideal – em outras palavras, isso representaria a velocidade da absorção do seu carboidrato, que sendo menor que 10 é considerado ideal.
Seu alto poder de regenerar as energias e a vitalidade, e de melhorar o desempenho muscular, faz da beterraba um ótimo alimento para atletas, idosos e convalescentes. As grávidas também tiram muito proveito de todos os minerais e vitaminas presentes, inclusive o ácido fólico, que contribui para o bom desenvolvimento fetal, além de tratar e prevenir anemia.
Rica em zinco, micronutriente indispensável para o bom funcionamento celular, ele contribui para o aumento da produção de células de defesa do organismo fortalecendo o sistema imunológico.
E não é só a raiz da beterraba que possui essa riqueza em benefícios, as folhas e a raiz primária também apresentam uma quantidade elevada de nutrientes benéficos à saúde e que, quando de origem orgânica, são muito mais bioativas e de características sensoriais marcantes e indispensáveis ao paladar!
Não digo abuse, pois todo abuso é prejudicial, mas a torne parte de suas melhores escolhas, na medida certa para você, em um plano alimentar equilibrado, e ela terá muito a lhe acrescentar para uma longevidade positiva.

* Texto da Nutricionista Iara Marcondes Blanco, autora da página Sem Restrições.
* Aqui na Orgânicos São Carlos tem beterraba orgânica fresquinha, e com as folhas!!

RUA Oscar de Souza Geribelo, 253, Santa Paula (Próximo ao Kartódromo) São Carlos - SP - Tel: (16) 3116-1988 / 9 8188-5650

Segunda a Sexta das 9h às 19h e aos Sábados das 9h às 14h