Blog

23/10/2018 - Orgânicos

LATICÍNIOS, EXCELENTE FONTE DE NUTRIENTES

1540341628_iaralaticinios.png

LATICÍNIOS, EXCELENTE FONTE DE NUTRIENTES

De todos os alimentos tradicionalmente disponíveis em nossa alimentação, o LEITE E SEUS DERIVADOS sempre nos acompanham, de forma a nos trazer suporte nutricional desde que nascemos.
“Um alimento completo, por sua biodisponibilidade de nutrientes, o leite é rico em proteínas de alto valor biológico, minerais, sobretudo o cálcio, e vitaminas lipo e hidrossolúveis”. Em condições normais, o leite é composto por água (87,25%), gordura, proteínas, açúcares (lactose) e sais minerais. O leite e seus derivados, conhecidos como laticínios, são alimentos importantes principalmente para mulheres e crianças, por serem uma rica fonte de CÁLCIO. Além do cálcio, o leite também é fonte de VITAMINAS A, D e E, além de PROTEÍNAS.
Quando ingeridos diariamente em dieta balanceada, em porções regulares ou indicadas por um nutricionista, os laticínios ajudam a formar a massa óssea no organismo assim como ajudam a evitar a osteoporose, doença que causa o enfraquecimento dos ossos. Os laticínios também são ricos em proteínas e vitaminas, como a vitamina A, que fortalece o sistema imunológico, a vitamina D, importante para a manutenção do tecido ósseo e do sistema imunológico e a vitamina E, que previne doenças cardiovasculares.
Para quem consome leite como fonte de cálcio, é importante saber que os do tipo industrializados podem perder parte de seus valores nutritivos, por causa principalmente de tratamentos térmicos como o UHT – Ultra High Temperature – ou Temperatura Ultra Alta em português. Mas mesmo assim o leite continua tendo sua importância na alimentação, ainda mais por ele ter se tornado uma das bebidas preferidas no café da manhã dos brasileiros, junto com o café, além da presença de alguns derivados, como iogurte e queijos, na sua dieta diária.
O iogurte natural, por exemplo, tem a mesma quantidade de cálcio que o leite, mas com um pouco mais de proteínas. Já o queijo branco tem seis vezes mais cálcio que o leite. Uma fatia de 50 gramas, aproximadamente, substitui um copo de leite. As mães não devem oferecer os leites desnatado ou semidesnatado para crianças, a não ser por recomendação de um nutricionista. Eles contêm mais cálcio que o tipo integral, mas como possuem pouca gordura, não oferecem tantas vitaminas A e D, fundamentais para o desenvolvimento dos pequenos.
Os queijos, principalmente os amarelos, também são ótimas fontes de vitaminas A e D. Mas pelo alto valor calórico possuem certas restrições para quem tem obesidade ou possui colesterol alto. O consumo regular de iogurte é muito interessante do ponto de vista nutricional, tendo em consideração que disponibiliza nutrientes extremamente importantes para o organismo e indispensáveis à alimentação saudável.
O IOGURTE e o QUEIJO são alimentos com alto valor nutritivo recomendáveis em todas as faixas etárias e especialmente em determinados estados fisiológicos, como durante a gestação, no aleitamento e na menopausa. Desportistas também devem incluir estes alimentos para uma melhor nutrição funcional.
Sendo derivados, ou seja, produzidos a partir de um bom leite, aquele de boa procedência, o iogurte e o queijo herdam os seus melhores benefícios nutricionais, além de terem características mais biodisponíveis, tais como:
* PROTEÍNAS de alto valor biológico, ricas em aminoácidos essenciais, de qualidade equivalente às da carne, peixe e ovos;
* MINERAIS, dos quais se destaca o cálcio, que tem a particularidade de apresentar uma elevada biodisponibilidade, isto é, é facilmente cedido e absorvido pelo organismo (o que não acontece com outras fontes de cálcio que não são derivadas do leite como, por exemplo, os vegetais). Deste modo o iogurte, queijo e leite são os alimentos que mais ativamente contribuem para a calcificação dos ossos, em todas as fases da vida, prevenindo a osteoporose, e com vitaminas, particularmente do complexo B, e também a vitamina A.
Entre as diferenças de uma fonte convencional e uma fonte orgânica, podemos destacar todo o cuidado necessário, desde antes da produção, como o alimentar, o pastar, o cuidado e o bem-estar das vacas, como todo o processo de produção e industrialização a seguir. O leite, assim como todo alimento natural, também tem seu valor nutricional adulterado pelo tempo, e a produção de um bom leite, substrato para todos seus derivados, só terá bons fins no organismo se nele houver o mínimo de processo e adição de conservantes, corantes e aditivos, tão prejudiciais.
Reforço aqui a necessidade de conhecer suas preferências em lacticínios, pois nem todo iogurte, queijo ou outro derivado de leite se tornam boas fontes proteicas, pois podem ser adicionados de muito açúcar, conservantes e corantes. Por isso, dê preferência aos laticínios orgânicos, que são mais naturais e saudáveis, além de promoverem um maior respeito à natureza e ao bem estar dos animais.

* Texto da Nutricionista Iara Marcondes Blanco, autora da página Sem Restrições
* Vem pra Orgânicos São Carlos que tem LATICÍNIOS ORGÂNICOS FRESQUINHOS pra você!!

RUA Oscar de Souza Geribelo, 253, Santa Paula (Próximo ao Kartódromo) São Carlos - SP - Tel: (16) 3116-1988 / 9 8188-5650

Segunda a Sexta das 9h às 19h e aos Sábados das 9h às 14h