Blog

01/08/2018 - Orgânicos

MANDIOCA

1533124333_iaramandioca.png

MANDIOCA

Para alguns, aipim, para outros, macaxeira. Não importa o nome, a mandioca faz parte da cultura de praticamente todas as regiões brasileiras, especialmente norte e nordeste. Ela é presença marcante no café da manhã, almoço ou jantar. A versatilidade dessa raiz permite que ela seja consumida das mais variadas formas, e seus vários nutrientes cooperam para o bom funcionamento do organismo.
É a terceira maior fonte de carboidratos, depois do arroz e do milho, e um dos principais alimentos básicos no mundo em desenvolvimento, existindo na dieta básica de mais de meio bilhão de pessoas. Espalhada por diversas partes do mundo, tem como seu maior produtor a Nigéria.
Boa parte dos carboidratos dessa raiz é na forma de amido, um tipo de polissacarídeo muito famoso por fornecer grandes quantidades de energia aos praticantes de musculação – apenas uma molécula de amido consegue ser transformada em milhares outras de glicose, sendo considerada uma excelente fonte de energia. Essa raiz tuberosa é também rica em carboidratos complexos, ou seja, é um alimento que não promove oscilações na curva glicêmica, sendo considerada uma excelente opção de consumo antes dos treinos, pois ela prolonga a presença de glicose no sangue. A mandioca promove grandes benefícios para o bom desempenho em atividades físicas, pois ainda possui boas taxas de proteínas, sais minerais, vitaminas e nutrientes essenciais para seus objetivos.
Mais um dos benefícios da mandioca, que é pouco conhecido, se trata da sua alta quantidade de óleos essenciais, vitaminas do complexo B e proteínas, sendo que todos esses elementos agregam mais vitalidade e disposição ao seu organismo quando consumidos de forma equilibrada dentro dos seus planos alimentares.
A Mandioca, principalmente suas folhas, é também uma boa fonte de vitamina K, que tem um papel importante na construção de massa óssea, promovendo benefícios para os ossos, sendo excelente principalmente para os idosos. Apresenta também um papel no tratamento de doentes com doença de Alzheimer (limitando os danos neuronais no cérebro), segundo alguns dados científicos.
As folhas também são utilizadas em algumas culturas como, por exemplo, na África. As folhas da mandioca são usadas para combater a desnutrição, já que possuem uma elevada quantidade de ferro, vitamina C e o resveratrol, um polifenol que ajuda o corpo a combater os radicais livres (substâncias tóxicas que são produzidas pelo nosso próprio corpo).
Rica em sais minerais como o magnésio, o zinco, o cobre, o ferro, manganês e o potássio, importantes para a manutenção do sistema cardíaco, a mandioca se faz ainda mais importante na dieta por trazer benefícios no equilíbrio homeostático das células, protegendo os ossos, coração, artérias, além de ajudar no controle da pressão sanguínea. Para cada 100 g de mandioca, temos 271 mg de potássio. Além disso, essa raiz é também um alimento poderoso para combater o surgimento de células cancerígenas e outras enfermidades que aparecem com a idade, como a catarata.
Isenta de glúten por natureza, pode ser uma ótima aliada nos pratos de celíacos ou intolerantes ao glúten, pois não causam inflamação nos tecidos. Super versátil, ela pode ser frita (o que não é uma forma muito saudável), cozida ou mesmo assada. Se você pretende assá-la ou usar uma fritadeira sem óleo, a raiz deve ser cozida, primeiramente. Também é muito utilizada para fazer purês, em especial um prato muito conhecido que é o Escondidinho de Carne. Outros alimentos existentes a partir dela são a tapioca, o polvilho, e também a farinha de mandioca, muito consumida no Nordeste.

* Texto da Nutricionista Iara Marcondes Blanco, autora da página Sem Restrições
* Aqui na Orgânicos São Carlos tem mandioca orgânica produzida aqui São Carlos!!

RUA Oscar de Souza Geribelo, 253, Santa Paula (Próximo ao Kartódromo) São Carlos - SP - Tel: (16) 3116-1988 / 9 8188-5650

Segunda a Sexta das 9h às 19h e aos Sábados das 9h às 14h