Blog

13/07/2018 - Orgânicos

CASTANHAS, AS OLEAGINOSAS

1531697859_iaracastanhas.png

AS OLEAGINOSAS, MAIS CONHECIDAS COMO CASTANHAS
Destacam-se entre as oleaginosas as castanhas de caju, nozes, amêndoas, macadâmia e castanhas do Brasil, por serem alimentos ricos em lipídeos de boa qualidade, proteínas, minerais e compostos bioativos.
São fontes de fibras e gorduras boas (monoinsaturadas e as poli-insaturadas), por isso, também ajudam na prevenção do envelhecimento precoce e auxiliam na perda de peso e na redução de taxas de gordura no sangue, além de apresentarem vários outros benefícios associados ao consumo moderado e regular de suas variedades, de forma a respeitar a individualidade bioquímica de cada pessoa.
A CASTANHA DE CAJU é um alimento rico em proteínas (em média 18g a cada 100g) e lipídeos monoinsaturados. Dentre os minerais, é fonte de magnésio, importante para geração e utilização de energia no corpo; zinco, essencial ao sistema antioxidante e ao reparo do DNA; ferro, responsável pela geração de energia e transporte de oxigênio; e potássio, que antagoniza com o sódio regulando a distribuição dos líquidos corpóreos, contribuindo para a redução da pressão arterial. Também contém substâncias antioxidantes como os alquil fenóis, contribuintes no combate aos radicais livres.
A NOZ é o fruto da nogueira de nome científico Juglans regia. Também é rica em lipídeos, mas o tipo predominante é o poli-insaturado das séries ômega 6 e 3, em proporção média de 4:1. É uma boa fonte de polifenois antioxidantes, entre os quais, destaca-se o ácido elágico, que vem se destacando por sua contribuição em estudos relacionados à inibição de células tumorais. O consumo de nozes está relacionado à redução do risco de câncer, doenças cardiovasculares, doenças neurodegenerativas e hiperlipidemias.
A AMÊNDOA é grande fonte de fibras, magnésio, cálcio e vitamina E. Seus lipídeos são em maior parte monoinsaturados, semelhantemente aos do azeite de oliva, abacate e castanhas de caju e do Brasil. Dentre as oleaginosas, é a mais rica em vitamina E, importante antioxidante lipossolúvel. Contém quantidades consideráveis de fitoesteróis, que auxiliam a normalização do perfil lipídico. Possui também arginina em sua composição, aminoácido que dentre outras funções, é precursor do óxido nítrico, substância vasodilatadora. 
E em relação à CASTANHA DO BRASIL, também conhecida como Castanha do Pará, é mundialmente famosa por ser a maior fonte alimentar conhecida de selênio: apenas uma castanha por dia é capaz de suprir as necessidades do mineral. O selênio tem grande importância no sistema antioxidante, participando da enzima glutationa peroxidase, responsável por neutralizar espécies reativas de oxigênio. Além do selênio, este alimento é grande fonte de magnésio, cálcio, manganês, potássio e cobre. Possui 63,5g de lipídeos em cada 100g, prevalecendo os lipídeos monoinsaturados, que apresentam benefícios em toda parte cardiovascular.
No entanto, o principal cuidado é com a ingestão além do recomendado da Castanha do Pará,rica em selênio que, em excesso, pode se tornar tóxico, além de causar dificuldades na filtração renal, perda de cabelo, unhas quebradiças, dermatite, mau hálito e prejudicar a composição natural do esmalte dos dentes. Até mesmo o sistema nervoso pode ser afetado e causar uma irritação acima do normal, sendo um precursor no diagnóstico de alergias em alguns indivíduos, ou ainda precipitar episódios agudos de herpes, por terem alto teor de arginina.
Outra opção é a MACADÂMIA, originária da Austrália, rica em ácidos graxos monoinsaturados como o ácido oleico e ácido palmitoleico, compostos essenciais que quando consumidos com certa frequência, ajudam a controlar os níveis de mau colesterol e triglicérides, reduzem os riscos de doenças cardíacas, além de fortalecer as células e prevenir o câncer. 
O estado de conservação das oleaginosas deve ser observado na aquisição destes alimentos. Oleaginosas são facilmente oxidadas ou contaminadas por fungos, e nas duas situações, oferecem riscos à saúde. A presença de sabor ou aroma alterados, ou ainda, de manchas brancas ou escuras, sinaliza deterioração e não devem ser consumidas, pois além de não fornecerem os benefícios citados, ainda podem causar sérios problemas gástricos e intestinais. Adquira sempre produtos frescos e de procedência confiável.
Para maior aproveitamento de seus benefícios, dê preferência ao in natura e não se esqueça de que elas devem sempre estar associadas a uma alimentação saudável, equilibrada e variada, de forma a sempre colaborar para o bom funcionamento do seu organismo.
*Texto da Nutricionista Iara Marcondes Blanco, autora da página Sem Restrições
Aqui na Orgânicos São Carlos sempre tem castanhas fresquinhas e de ótima procedência!!

RUA Oscar de Souza Geribelo, 253, Santa Paula (Próximo ao Kartódromo) São Carlos - SP - Tel: (16) 3116-1988 / 9 8188-5650

Segunda a Sexta das 9h às 19h e aos Sábados das 9h às 14h