Blog

04/07/2018 - Orgânicos

VEGETAIS - SINÔNIMO DE SAÚDE

1531169631_iaravegetais.png

 VEGETAIS 
Não há cor, e muito menos fartura em nutrientes, se não houver uma boa variedade de vegetais em seu prato!
Considerado o maior grupo de alimentos e o segundo inserido na pirâmide alimentar, os vegetais são carregados de antioxidantes, vitaminas e minerais importantes para a nossa saúde.
Nos vegetais, conseguimos separar as vitaminas presentes em cada um pela coloração. Por exemplo, os alaranjados e amarelos possuem betacaroteno, precursor de vitamina A. Já os vermelhos, contém licopeno, um excelente antioxidante. Já os de sabor cítrico costumam conter vitamina C e os verdes escuros, estão carregados de cálcio e magnésio, minerais fundamentais para todo metabolismo celular. Essa estratégia de confiar nas cores dos vegetais para adquirir suas vitaminas é uma ótima estratégia para montar pratos agradáveis aos olhos e riquíssimos em nutrientes essenciais para uma vitalidade positiva.
Há relatos em estudos divulgados no ano passado, correlacionando a saúde cerebral com um bom aporte de nutrientes e fitoquímicos, auxiliando na manutenção e condução de diversas vias metabólicas, associadas a parâmetros cognitivos. Neste contexto, os carotenoides (luteína e zeaxantina) – especialmente encontrados em vegetais verdes escuros - ganham muita evidência na literatura científica, pois exercem importante efeito antioxidante, reduzindo espécies reativas de oxigênio que podem interferir, negativamente, em reações neurológicas.
Os benefícios de uma alimentação rica em verduras associadas a legumes e frutas são ainda maiores, como comprovados por diversos estudos, sendo justificados pela presença de nutrientes essenciais para o nosso organismo, além de fontes e compostos bioativos anti-inflamatórios e antioxidantes. Assim, este perfil alimentar pode reduzir o risco de diversos distúrbios, como os que atingem também a tireoide e o seu metabolismo, acentuando sua necessidade em estarem sempre presentes no prato.
A importância dos vegetais na alimentação é fundamental, pois têm pouco valor energético, e as vitaminas que contêm apresentam um alto valor biológico. Os vegetais, além de ricos em vitaminas, ferro e sais minerais, possuem enzimas que se ligam à gordura ingerida ao comer alimentos de origem animal, como carne e laticínios, eliminando-a do organismo. A couve é rica em ferro e tem fibras que são nutrientes importantes na regulação intestinal. Uma dieta rica em fibras está associada à melhor saúde do cólon, normalização do hábito intestinal, maior controle glicêmico e menores níveis de colesterol sanguíneo. Quando ingeridas em quantidades adequadas, são benéficas para prevenir a constipação intestinal, promover uma digestão adequada e proporcionar sensação de saciedade.
Em relação às fibras presentes nos alimentos vegetais, podem existir de duas formas: insolúvel ou solúvel. Embora essas duas frações atuem no nosso organismo de maneira diferente, ambas trazem benefícios à nossa saúde.
A fibra insolúvel é encontrada nos cereais (farelos de um modo geral), hortaliças, frutas (especialmente nas cascas), e leguminosas. Este tipo de fibra atua principalmente na parte inferior do nosso intestino (intestino grosso), aumentando o volume fecal e fazendo com que haja a produção de fezes mais macias. Por isso, elas estão relacionadas à prevenção de prisão de ventre e de doenças como diverticulite e câncer de cólon. Os mecanismos pelos quais as fibras insolúveis exercem seus efeitos são simples. Como elas não são digeridas e nem absorvidas pelo organismo, elas aumentam a quantidade de resíduos no intestino, o que aumenta o bolo fecal, e como essas fibras têm a capacidade de absorver água, as fezes ficam mais macias e a movimentação intestinal fica facilitada.
A fibra solúvel é encontrada principalmente em alimentos como a aveia, cevada, frutas cítricas (bagaço), maçã (com casca), goiaba e em certas gomas e mucilagens (goma guar, goma acácia, entre outras), muito utilizadas na indústria de alimentos como espessantes e fontes de fibras. Este tipo de fibra atua principalmente na parte superior do trato gastrointestinal, mais especificamente no estômago e no intestino delgado, onde ocorre a digestão e absorção dos nutrientes.
Uma alimentação equilibrada e saudável inclui vegetais, frutas, leguminosas, legumes, que são alimentos importantes, pois como já mencionado, contêm fibras, vitaminas, sais minerais, água, enfim, elementos primordiais para a manutenção do bem-estar. Todos estes nutrientes são importantes para a formação do organismo e para a sua regulação. Devem estar equilibradamente presentes nas refeições diárias, por serem substratos essenciais à vida, ao sistema imunológico e equilíbrio do organismo.

* Texto da Nutricionista Iara Marcondes Blanco, autora da página Sem Restrições.

* Aqui na Orgânicos São Carlos tem vegetais ORGÂNICOS e FRESQUINHOS pra você! Saúde de verdade!!

RUA Oscar de Souza Geribelo, 253, Santa Paula (Próximo ao Kartódromo) São Carlos - SP - Tel: (16) 3116-1988 / 9 8188-5650

Segunda a Sexta das 9h às 19h e aos Sábados das 9h às 14h